Cuidado Wannacry!

Depois de receber algumas dúvidas dos meus colegas sobre como devemos nos proteger, vou deixar aqui algumas sugestões para que possamos compartilhar.

Muito cuidado! Não acredito em um sistema 100% seguro, mas podemos tomar algumas medidas para contornar e melhorar a segurança dos computadores pessoais e empresariais.

Abaixo compartilho algumas dicas de segurança da informação, que podem salvar os seus dados e te deixar dormir mais tranquilo.

wannacry-700x526Definições: Ransomware é um código malicioso que aproveita brechas de segurança deixadas principalmente pelos sistemas operacionais (Windows, Linux, IoS, Android). No caso específico do Wannacry, foi explorado vulnerabilidades do Sistema Windows, principalmente nas versões mais antigas como Windows XP (Usuários) e Windows 2003 (Servidores). Essas versões não têm mais suporte da Microsoft (“SAIU ATUALIZAÇÃO”), então, não saiu nenhum path de correção (Path ou KB é o nome técnico usado para falar sobre atualizações de um sistema).

Houveram relatos que o vírus Wannacry se proliferou de forma abrupta, principalmente por Windows com instalações piratas, aos quais não se faz atualizações com frequência por medo de gerar travamento. A primeira dica (e essa é bônus): nunca instale nenhum sistema DE FORMA PIRATA. Além de ser ilegal, você não receberá as atualizações dos fabricantes. PENSE sempre NISSO ANTES DE FAZER INSTALAÇÕES PIRATAS.

Agora, vamos voltar para as dicas:

1) Sempre deixe o seu sistema operacional atualizado, seguindo todas as recomendações dos fabricantes (Windows, Linux, iOs, Android e etc.), exceto para casos específicos de alguns servidores que eu não recomendo. Mas, a priori, temos que estar sempre atualizados e isso traz uma dificuldade maior para esse tipo de programa malicioso.

2) Tenha sempre um bom antivírus instalado: TREND, Sophos, Symante, Kaspersky e etc, INDEPENDENTE do sistema operacional.

3) Não menos importante e de extremo impacto na melhora do processo de segurança da informação: um bom firewall de borda (Next Generation) que traz um nível maior de controle de fluxos e pacotes dentro da rede das empresas.

4) Faça backups. Isso mesmo, no plural. Não deixe de fazer backups para os seus sistemas. Quanto mais, melhor e sempre deixe um off-line!

Espero que tenha ajudado e, se tiver alguma dúvida, entre em contato com o nosso time da ITFácil.

maio 22, 2017

Leave a reply



CAPTCHA Image
Reload Image